Existe patrimônio do condomínio? Descubra agora!

6 minutos para ler

É muito comum que, ao falar sobre patrimônio, referirmo-nos a algo valioso para o ser humano, no âmbito individual. Para muitas pessoas, os bens adquiridos ou herdados significam grandes conquistas materiais e até o futuro financeiro da sua família.

Mas, você sabia que também existe o patrimônio do condomínio? Pois é, se você é síndico, mora ou pretende morar em um condomínio, saiba que em nível coletivo também existe um patrimônio que é “dividido” entre todos os moradores e, por isso, deve ser zelado e cuidado, de maneira geral.

E esse é o tema do nosso post de hoje! Para esclarecer todas as dúvidas e informações sobre o assunto, preparamos esse conteúdo para lhe ajudar. Confira!

O que é o patrimônio do condomínio?

Assim como cada morador conta com os seus bens próprios — os seus móveis, televisão, utensílios domésticos, carros, motos, dentre outros — que são considerados o seu patrimônio pessoal, o condomínio também conta com uma lista de bens de uso comum, que representa o seu patrimônio.

Ou seja, estamos falando de móveis, utensílios e equipamentos que pertencem ao condomínio em si, mas que devem ser zelados pela sua gestão, bem como pelos moradores. Por isso, é preciso que boas práticas de investimento e cuidado com o patrimônio sejam adotadas e incentivadas.

Quais são os bens que fazem parte do patrimônio do condomínio?

Agora que você já sabe mais sobre o conceito de patrimônio do condomínio, vamos mostrar alguns exemplos de bens que fazem parte dele. É provável que você já tenha se deparado com muitos, mas talvez não saiba que se trata de um patrimônio do condomínio.

Obviamente que o patrimônio varia muito, de condomínio para condomínio. A lista de bens pode conter, desde os bens mais óbvios — tal como a própria estrutura e áreas comuns do condomínio e os seus itens: sofás, vasos, mesas, balcões, cadeiras, etc — até coisas que nem todos conseguem enxergar no dia a dia.

Estamos falando de ferramentas de manutenção, como escadas, mangueiras de água, ferramentas de zeladoria no geral e itens de limpeza, além de alguns equipamentos e eletrodomésticos, como máquina de lavar, cortador de grama, geladeira, etc, e também alguns itens mais estruturais, como caixas d’água, geradores, bombas de água, etc.

Além disso, pode ser que o condomínio conte com alguns espaços que apoiam o lazer e o entretenimento dos seus moradores, tais como sala de ginástica, salão de festas, sala de cinema, espaço gourmet, espaço com churrasqueira, dentre outros. Os equipamentos e itens desses espaços também fazem parte do patrimônio do condomínio e devem ser entendidos como um bem comum de todos os condôminos.

Por que fazer o registro de inventário do patrimônio do condomínio?

Avançando um pouco mais no tema, vale destacar que é importante que a gestão de um condomínio tenha um inventário desse patrimônio que estamos falando. Para quem ainda não sabe, o inventário é, simplesmente, um levantamento de todos os bens que fazem parte do patrimônio do condomínio.

Ou seja, é a lista de todos os bens que fazem parte desse uso comum. A princípio, podemos dizer que é preciso ter um controle de como está sendo feito o uso desses bens e ativos e, por isso, o inventário é tão importante nesse trabalho.

Porém, há outros benefícios, que vamos listá-los abaixo, para que você possa ter mais noção do quanto é importante adotar essa ferramenta, principalmente, para ter mais organização e transparência na gestão do condomínio.

Economia financeira

Uma boa gestão sempre está olhando o quanto pode economizar, ao longo do tempo. Afinal, não tem coisa pior do que ter despesas inesperadas ou mais altas do que se tinha planejado. Assim, contar com um bom inventário é um primeiro passo para cumprir esse objetivo. Com essa ferramenta, fica muito mais fácil economizar de diversas maneiras.

É possível ter clareza de quais recursos são realmente necessários ao avaliar a compra de um novo bem, por exemplo. Outro ponto é que também ajuda a entender melhor quando é necessário fazer manutenções, aumentando a vida útil dos bens. Tudo isso ajuda a reduzir custos, já que haverá uma clara noção do que realmente precisa de investimentos e também é possível fazer uma previsão melhor de despesas.

Gestão do condomínio

Aprofundando um pouco mais em como o inventário do patrimônio do condomínio ajuda na sua gestão, destacamos aqui a facilitação administrativa e o cuidado dos bens — algo que precisa ser olhado sempre com muita atenção.

Além disso, é possível ter um melhor aproveitamento dos itens para pensar no longo prazo, fazer planejamentos financeiros e até estratégicos, para que o condomínio ofereça uma boa experiência a todos os seus moradores, no que diz respeito a estrutura e lazer.

No mais, é normal que compras futuras sejam feitas de tempos em tempos. E quando se fala sobre essa demanda, do ponto de vista da administração e financeiro, é preciso tomar decisões, com clareza e assertividade. Olhar para o inventário é sempre um bom começo para destrinchar todo o processo, otimizando-o como um todo.

Como fazer o inventário do patrimônio do condomínio?

Para finalizar, preparamos aqui algumas dicas básicas para criar o inventário do patrimônio do condomínio. Veja só quais são elas:

  1. crie um documento de registro dos bens do condomínio — o mais indicado é optar por uma planilha;
  2. mantenha a organização, para que as informações mais relevantes sejam registradas, tais como o nome do item, o ano da compra, o modelo do equipamento, a vida útil, etc;
  3. coloque etiquetas de identificação em todos os itens;
  4. faça revisões periódicas para ver se está tudo dentro dos conformes, bem como o que precisa ser cuidado ou melhorado;
  5. contrate uma empresa para ajudar no processo.

Destacamos que contar com uma empresa com expertise no processo de construção e análise do patrimônio do condomínio para ajudar é algo que deve ser levado em consideração. Afinal, ter o suporte de especialistas na área é sempre bom para otimizar processos. Além disso, estamos falando de bens do condomínio que podem durar por muito tempo. Então, é importante fazer esse tipo de investimento, que pode trazer grandes frutos no futuro.

Quer saber como podemos ajudá-lo com essa tarefa? Então, entre em contato conosco e fale com o nosso time!

Você também pode gostar

Deixe um comentário