Deixe o sol pagar a sua fatura com energia solar para condomínios!

deixe-o-sol-pagar-a-sua-conta-de-energia-com-energia-solar-para-condominios
7 minutos para ler

A energia solar para condomínios ganha mais importância a cada dia, não só por economizar seu dinheiro, mas por preservar o meio ambiente e ser um dos investimentos mais rentáveis, especialmente com a expectativa de juros baixos no curto, médio e longo prazo. 

Então, que tal deixar o sol pagar sua fatura de energia? 

Neste conteúdo vamos apresentar: 

  • A realidade da energia solar no Brasil; 
  • Como funciona a energia solar para condomínios; 
  • As vantagens da energia solar para condomínios; 
  • Como implementar energia solar no condomínio; 
  • Casos reais de economia em condomínios; 
  • Financiamento solar para condomínios.

Continue acompanhando e conheça esse universo de possibilidades! 

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.

A realidade da energia solar no Brasil 

A energia fotovoltaica, também conhecida como energia solar, tem se popularizado no Brasil a cada dia, já que ela provém de uma matéria prima inesgotável e gratuita: a radiação solar. 
⠀ 
Segundo levantamento da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar), desde 2012, os investimentos privados acumulados em sistemas fotovoltaicos nos telhados e em pequenos terrenos já ultrapassam R$ 13,8 bilhões no país. Além disso, as residências brasileiras representam mais de 70% destas conexões, que somam mais de 228 mil sistemas fotovoltaicos distribuídos por mais de 80% dos municípios brasileiros. 
⠀ 
De lá para cá muitos condomínios ganharam módulos fotovoltaicos, que auxiliam tanto na questão ambiental, quanto econômica. 

Como funciona a energia solar para condomínios 

Antes de mais nada, é importante entendermos como funciona a captação de radiação solar: 

1. Durante o dia, a radiação solar que incide sobre os painéis é absorvida e convertida em energia elétrica; 
⠀ 
2. O sistema fotovoltaico capta a corrente contínua e a transforma em energia elétrica pronta para ser consumida na sua propriedade; 
⠀ 
3. O excedente de energia é injetado na rede de distribuição, resultando em créditos que que são aplicados na sua conta de energia e podem gerar desconto de até 95% na sua fatura. 

Então, para os condomínios, a resolução 687/2015 da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica), tornou possível utilizar energia solar por meio da geração compartilhada, através de múltiplas unidades consumidoras. 

Nesses casos, toda a energia elétrica gerada será compartilhada entre as unidades residenciais ou comerciais, além das áreas comuns do condomínio. 

Então, para tornar possível a instalação das placas fotovoltaicas no condomínio, a empresa especializada fará uma análise da estrutura do condomínio. O projeto de sistema solar fotovoltaico é totalmente personalizado, por isso, há um tipo diferente de instalação para cada estrutura, não necessitando de obras. 
⠀ 
Mas há algumas questões que devem ser levadas em consideração para garantir a segurança do equipamento, tais como: 
⠀ 
• Condição de conservação e limpeza das telhas; 
• Avaliação da inclinação do telhado, pois é necessário que esteja voltado para o norte. 
⠀ 
Mas, caso o telhado não possua essa inclinação recomendada, ainda assim poderá ser instalado o sistema, compensando a inclinação para não prejudicar a captação de energia. 

As vantagens da Energia Solar para Condomínios 

Separamos os principais benefícios de contar com energia solar no condomínio para ajudar você a tomar essa decisão. Veja! 

  • Preservação do meio ambiente; 
  • Redução em 95% da fatura de energia elétrica; 
  • Incentivos fiscais e financiamentos; 
  • Não requer manutenções; 
  • É a fonte de energia mais barata do mundo. 

Como Implementar a Energia Solar no Condomínio 

O primeiro passo é convocar uma assembleia condominial para discutirem o assunto. Veja recomendações importantes:  

  • Reúna alguns condôminos, no mínimo um grupo com cinco pessoas, e analise o consumo de cada um;  
  • Feito esse levantamento, agora reúnam-se para realizar contato com empresas de energia solar e verifiquem o melhor orçamento;  
  • Marque uma visita técnica com a empresa que mais se aproximar da realidade do condomínio e façam a decisão; 
  • Negócio fechado? Então após a instalação, a rede distribuidora de energia elétrica será informada sobre a troca;  
  • E pronto…Agora é só usufruir dos benefícios de contar com uma fonte de energia natural e inesgotável.  

Casos reais de economia em condomínios 

A síndica do Condomínio Residencial Costa do Sol, Praia Brava, Florianópolis/SC, Jaqueline Gomes Costa, nos contou que começou a considerar a energia solar fotovoltaica para o condomínio, com o intuito de serem mais sustentáveis, já que o condomínio está situado em uma ilha que possui grande abundância de radiação solar à disposição para ser aproveitada. 

Ela conta que em 2019, começaram a levantar preços e pensar as soluções. Logo após, conversaram com a rede de distribuição elétrica do município para entender como funcionava essa migração e a partir daí levaram a sugestão para assembleia. “O pessoal gostou e então começamos a procurar orçamentos. Em outubro fechamos a parceria com uma empresa, nosso investimento total foi de 312k. A instalação acabou ficando para 2020 e com a pandemia acabou sendo feita em maio, em menos de um mês já estava funcionando”, conta Jaqueline. 

Nos primeiros meses já foi possível identificar uma grande diferença na fatura de energia elétrica do condomínio, que costumava ser de R$ 6.500 em períodos de baixa temporada, mas que com implementação do sistema fotovoltaico, caíram para R$ 1.200. “Além disso – comentou Jaqueline – já temos créditos acumulados para usar na temporada quando a fatura tende a aumentar”.  

Segundo os estudos e pesquisas do condomínio, a projeção era de que o valor investido voltasse totalmente em 4 anos e meio. Mas eles já conseguem identificar que o retorno acontecerá antes. 

Conheça a NeoEnergy 

A NeoEnergy é uma empresa catarinense de engenharia que atua nos segmentos de energia renovável, infraestrutura elétrica e automação para consumidores residenciais e empresariais. 
 
O seu propósito é desenvolver projetos de forma eficiente e sustentável em benefício das pessoas, do meio ambiente e do desenvolvimento energético do Brasil. E acreditam que as novas tecnologias de geração, armazenamento e eficiência energética são os vetores da transformação do setor e devem ser acessíveis a todos. 

Eles desenvolvem os projetos com base em quatro etapas:  

  1. Análise do projeto; 
  1. Estudos técnicos; 
  1. Licenciamentos; 
  1. Financiamentos. 

Clique aqui para solicitar o seu orçamento, ou entre em contato através do e-mail contato@neoenergybrasil.com. Ou ligue (48) 4141-1791. 

Esperamos que esse conteúdo tenha sido esclarecedor para você. Acompanhe-nos no Instagram e Facebook

Você também pode gostar

Deixe um comentário